Tião Nascimento

"Por que a poesia é  o canto da alma"

Textos

EU e DEUS
EU E DEUS

Pedi a Deus , em oração,
Cor e perfume em minha vida
Que se arrastava na solidão
Em preto e branco.  Esquecida.

Deus me fez ver em sonhos
Eu contemplando as próprias mãos
E me disse em tom risonho
- és minha criação

Claro que não o fiz perfeito.
Perfeito seria infeliz
Mas dei-lhe todo recurso
Para ter  o que sempre quis.

Agora, olha as suas mãos,
Vazias, gesticulando,
Reclamando da solidão
Da vida em preto e branco.

Use-as para regar as plantas
Que secam no seu quintal.
É com elas que a natureza
Prepara seu ritual. -

Acordei bem cedinho
Molhei as plantas quase sem  vida
E no amanhecer seguinte
Com a alma estarrecida

Vi uma rosa sorrindo
Com pétalas coloridas
De  onde exalavam perfumes
Dando vida a  minha vida.
TiaoNascimento
Enviado por TiaoNascimento em 14/09/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras