Tião Nascimento

"Por que a poesia é  o canto da alma"

Textos

FOI ASSIM
FOI ASSIM.

Tentava  molhar  uma plantinha
as torneiras não tinham água
Eu chorava entristecido
E com lágrimas a regava

Um dia nasceu da plantinha
Uma florzinha feliz
E agradeceu-me sorridente
Por tudo aquilo que fiz

E afastando-me, de repente,
E ,pensando em voz alta
-  flor não fala. O que aconteceu ?

Olhei para a flor, ela sorrindo,
Disse – me :  também acho.
Dobrou-se  no caule... e morreu.
TiaoNascimento
Enviado por TiaoNascimento em 14/09/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras